o amarelo do botão central e o branco das pétalas. A espécie recebe o nome científico de Chrysanthemum leucanthemum, porém também é conhecida pelos nomes populares como bem-me-quer, bonina, olho-de-boi, além de ser ser chamada de crisântemo. A flor tem origem européia e surpreende pelo seu fácil cultivo e é constantemente utilizada para decorar ambientes.

Quer saber mais sobre essa espécie tão especial? Confira este artigo completo!

Significado das Margaridas

A Margarida é uma flor que carrega, além da beleza encantadora, muitos significados valiosos como a inocência, pureza, paz, bondade, afeto e sensibilidade. O nome da espécie vem do latim e significa pérola.

Já na língua inglesa, a nomenclatura “Daisy” significa “day’s eye”, ou seja, traduzindo para o português, o termo representa “olho do dia”. Esse fato faz bastante sentido, já que durante a noite as margaridas costumam se fechar e se abrem ao nascer do sol. Incrível, não?

Há tempo atrás, as margaridas eram consideradas as flores das donzelas, principalmente por isso, a espécie ganhou os significados que carrega até hoje. Simbolizando simplicidade, inocência e pureza.

Cuidados com as Margaridas

Devido à aparente fragilidade, pode parecer que a margarida demanda muitos cuidados especiais. No entanto, pelo contrário, a flor apresenta fácil cultivo. Por ser uma planta do campo, não são necessários cuidados específicos para o bom desenvolvimento dessas flores. Por isso, podem ser cultivadas em diversos tipos de solo, secos ou úmidos. Porém em regiões com muita umidade apresentam dificuldades para germinarem.

As flores da margarida costumam se desenvolver duas vezes ao ano, durante o verão e no outono. A espécie gosta de receber incidência solar ao menos durante parte do dia, porém não consegue se desenvolver bem em ambientes com baixas temperaturas. Em relação à rega, a margarida deve ser regada uma vez ao dia, porém é importante ter atenção para que o solo não fique encharcado, fato que propicia o desenvolvimento de fungos.

Curiosidades das Margaridas

As margaridas apresentam diversas peculiaridades desconhecidas por muitas pessoas. Por exemplo, muitos remédios já foram produzidos utilizando as propriedades medicinais da flor. Na antiguidade, eram fabricados medicamentos para tratar problemas nos olhos. Na Inglaterra, a margarida já foi utilizadas para realizar a limpeza de ferimentos e auxiliar no tratamento da febre.

Atualmente, é possível aproveitar as pétalas e folhas das margaridas para fazer chás. A bebida é ótima para o tratamento de bronquite. Além disso, possui propriedade diurética e adstringente, portanto, é uma ótimo auxiliador para o alívio de dores causadas por úlceras, cólicas e diversos outros problemas digestivos.

Agora que você já conhece a  margarida, confira também mais sobre as Gérberas! Aproveite para continuar conferindo o blog da Uniflores e encontrar lindos arranjos em nosso site!